sábado, 8 de outubro de 2011

Sublata Causa Tollitur Effectus


Quem agoniza , de uma dor silenciosa e oculta , que fingimos não ver , que ignoramos , pois todos estamos em busca dos nossos interesses ? Agoniza o planeta e todos os seus recursos ou agoniza o ser que utiliza os recursos para um falso bem comum? Agoniza o futuro mais que certo ou o passado em dor por tudo que lutamos? Onde estão os ideais fugidios? De que valem palavras faladas e mesmo as escritas em livros, até mesmo santos, se a ação e omissão subtraem a verdade a todo o momento? Qual será o nosso legado?
Como podemos esquecer o passado ou quem sabe lembrar o futuro se tudo que existe reflete-se pelo que somos, em qualquer tempo e se não manifestamos a essência maior, não haverá qualquer juiz que julgue e muito menos um Deus estereotipado, inerte e antropomórfico , que perdoará , pode parecer complexo, mas creia no seguinte : Sua alma não é gratuita e muito menos é adquirida pelo cacarejar do nome de deus , sabe-se lá ! Um papagaio consegue também, nem será adquirida , quando do reflexo da temeridade do todo poderoso , buscar um falso respeito, uma falsa devoção, uma falsa fé , sua alma é alimentada por você , assim como teu corpo pelo alimento que você dá para ele , lembre-se que sóis gigantescos e tantas outras estrelas explodiram e semearam tantas outras e nosso corpo , material , vem do pó dessas estrelas , o universo , existiu e existirá , mas reciclando , para que algo melhor e melhor possa surgir , a vida é apenas um estado potencial , de algo muito maior que é a vida , por exemplo : Estado , líquido para gasoso, é um princípio de mudança , as estrelas vivem mais , posto a necessidade de sua existência maior , portanto estamos vivos por uma questão potencial de troca de estado e não de permanência e creia , morremos a cada dia , materialmente , é claro...
Assim a não gratuidade da alma é que não somos nem aquilo que pensamos, somos muito mais e esse corpo alma, se é que pode ser chamado assim, tem por alimento, o que sentimos , o que fazemos , assim esse corpo alma vai se completando , de outra forma a dor maior e muito maior é abandonar uma outra vida , em um lugar muito melhor do que o idealizado ou cantado ou postulado , por todos os artistas , poetas , escritores que já viveram , sim abandonar , ou uma segunda morte para que a vida possa continuar , saiba que nenhuma alma sobrevive na inanição das verdadeiras vontades e potenciais , atributos não vividos , das sensações não sentidas , que são suas conseqüentes , pela paralisia do ser frente a todo seu potencial...
O amor não é só uma palavra, tem que ser sentido e ao senti-lo resplandece a alma na ressonância plena do Criador, é óbvio que dar vazão a si não significa passar por cima dos outros , significa coexistir , mas não deixar de sentir , não deixar de viver ...
Tem pessoas que vivem automaticamente, espectros, não sentem mais, nem sensações, nem sentimentos e nem vivem , pois mesmo que vivam , não usufruem o presente da vida , o momento , a existência e tudo isso cristaliza a ALMA , que como colocado , terá que sair de um lugar ,“ sem palavras” , de tanto que é , para retornar , sim , renascer ...
Não é por uma punição de Deus, não, a alma é imortal, mas ela necessita de funcionalidade , exemplo : Você vai participar de uma maratona , mas fica um mês sem comer , o que será que acontece no dia da maratona ? Você vai conseguir “participar” da maratona? Então, é a qualidade do viver que determina a própria funcionalidade do corpo alma , a qualidade interior e é lamentável que o ser planetário, nós, humanidade, estamos justamente destruindo a funcionalidade do ser e do planeta , ou o grande espírito, significa que ao cuidar , ao zelar e preparar nosso planeta para as gerações vindouras , estaremos propiciando condições para que outros seres renasçam na possibilidade de fazer fluir o criador em si , e somente isto é orar , orar é sentir e ser , crescer e evoluir dentro do sincero potencial que temos , viver e evoluir não significa teorizar teologias mascaradas de poderes sempre corruptos , a vida maior é um reflexo das ações no nosso estado de viver e seremos e teremos mais e mais em decorrência do nosso sincero potencial vivido...
Somos responsáveis , pelo fim do mundo , ou retornaremos desse grande sono sombrio , no despertar de toda nossa vitalidade , de toda nossa vida , de toda nossa essência ressonante no Criador ?


Luiz Grimaldi


Nenhum comentário:

Postar um comentário